Atílio Vivácqua

Enem: hora de apertar o passo - Atílio Vivácqua

Atílio Vivácqua Enem: hora de apertar o passo

Ainda dá tempo de correr atrás do conteúdo investindo na leitura e na interpretação de texto

Faltando cinco meses para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os alunos precisam apertar o passo para não deixar nenhum conteúdo para trás. Mas, se as matérias já estão acumuladas, é hora de investir nos exercícios e, principalmente, na leitura e na interpretação de texto.

Se o candidato atrasou o conteúdo, ele deve pegar firme nos exercícios e evitar tentar estudar toda a teoria, por conta do tempo. Por isso, as apostilas devem se tornar verdadeiras amigas. E as provas anteriores do Enem devem ser vistas como fortes aliadas.

"O estudante deve fazer muito exercício, dos mais variados conteúdos. A possibilidade de cair algo parecido com que o aluno já fez é muito grande", diz o professor de Matemática Everton Paterline Júnior.

Interpretação

Outra dica para o candidato que acumulou conteúdo para estudar, é investir na leitura, para praticar a interpretação de texto. Isso porque, muitas vezes, se o aluno souber interpretar o enunciado, ele pode achar a solução para o problema sem precisar, necessariamente, ter o domínio do conteúdo da disciplina.

"Se o aluno souber ler e interpretar, ele consegue fazer uma boa prova", diz a professora de Literatura Marcela Amaral.

O professor de História Adelarmo Luiz de Carvalho acrescenta: "A prova do Enem tem valorizado a habilidade da leitura e interpretação, que o candidado tem que desenvolver, isso ele não pode ignorar. Além de estudar pelos livros e apostilas, ele tem que ler jornais, revistas, analisar imagens e infográficos".

E, por meio de jornais e revistas, o candidato acaba ficando a par dos assuntos atuais, que podem ser temas propostos para a redação.

"A prova de redação é dissertativa argumentativa. Dessa forma, o candidato tem que apresentar o seu ponto de vista. Por isso, ele tem que ler notícias atuais, se informar sobre assuntos polêmicos, para saber se posicionar corretamente na hora da prova", conta o professor de Redação Lúcio Manga.


Dicas dos professores

Matemática e suas tecnologias. Nessa área, serão cobrados conhecimentos aplicados no cotidiano. Em matemática, por exemplo, reforce os estudos da Aritmética (porcentagem , regra de três simples e composta, proporção); estatística e gráficos; e geometria plana espacial (triângulos são muito cobrados). Funções e álgebra também não podem ficar de fora. O professor de matemática Everton Paperline Júnior explica que, por conta do pouco tempo para o grande número de questões, o aluno não deve quebrar a cabeça em uma questão que, de cara, não entendeu. "O candidato tem que ter calma, parar, pensar e desenvolver a questão. Se não entendeu, ele tem que passar logo para a próxima. Se ele insistir, pode deixar de resolver três, quatro questões."

Ciências humanas e suas tecnologias. Serão cobrados conhecimentos de História, Sociologia, Geografia e Filosofia. Em História Geral, o professor Adelarmo Luiz de Carvalho recomenda que o candidato fique atento ao conceito de cidadania. "É preciso saber destacar esse conceito no mundo antigo, na idade média até chegar ao tempo atual. Os conceitos de democracia no mundo antigo e contemporâneo e a evolução política podem ser abordadas", avisa

Linguagens, códigos e suas tecnologias. Nessa área serão medidos conhecimentos em Português, Literatura, Artes, Educação Física e línguas. O aluno pode optar entre inglês e espanhol. A professora de literatura Marcela Amaral dá algumas dicas: "O candidato tem que ter conhecimento dos períodos literários. É o que se estuda no ensino médio: características de uma obra, de um autor dentro de um período. Para a prova, o aluno tem que entender sobre adequação de linguagem e ficar esperto com hipertextos - que são os textos de internet - e com os gêneros textuais", aconselha

Ciências da natureza e suas tecnologias. A prova vai testar os conhecimentos do aluno em Química, Física e Biologia. O professor de Biologia Frederico Andrade ressalta que é sempre bom ter atenção ao tema Ecologia. "O estudo de problemas ambientais é importante. Mas bioquímica relacionada a lipídeos, clonagem , terapia genética, DNA recombinante, e evolução devem ser reforçados". E ele dá outra dica: "O aluno tem que continuar estudando e não deve desprezar nenhuma disciplina", avisa.


Porta aberta para a universidade
Fique atento às datas, ao valor e aos documentos que são necessários para se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio

Inscrições
Começam hoje, a partir das 10 horas e vão até as 23h59 do dia 10 de junho pela internet. O link está disponível no site www.mec.gov.br e www.inep.gov.br

Taxa
R$ 35,00. Os alunos de escolas públicas são isentos dessa taxa

Provas
Nos dias 22 e 23 de outubro

Locais de prova
39 cidades - Esse é o número de cidades onde serão aplicadas provas do Enem no Estado. Atílio Vivácqua, Conceição de Castelo e Santa Leopoldina saíram da lista de locais de prova. Já João Neiva, foi incluído.

O passo a passo para a inscrição. Saiba o que você vai precisar:

1 Identificação: CPF e nome do candidato

2 Dados pessoais: número de identidade, endereço e informações sobre atendimento especial

3 Local: escolha do idioma para prova de língua estrangeira e local de prova

4 Situação escolar: se terminou ou não o ensino médio

5 Escola: se estiver cursando o ensino médio, informações sobre a escola

6 Questionário socioeconômico: pesquisa sobre o perfil dos participantes

7 Confirmação: o número de inscrição é gerado e as informações podem ser conferidas

8 Acompanhamento: com o número de inscrição, o candidato imprime o boleto e confere o andamento.

Foto: Reprodução


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?