Espírito Santo

Casagrande faz visita técnica ao Estaleiro Jurong Aracruz - Petróleo e gás

Petróleo e gás Casagrande faz visita técnica ao Estaleiro Jurong Aracruz

Nesta segunda-feira (28), o governador do Estado, Renato Casagrande, visitou o Estaleiro Jurong Aracruz, em companhia do secretário de Desenvolvimento, Heber Resende e da comitiva do Governo do Estado.

Na oportunidade as autoridades conheceram as instalações do estaleiro mais moderno da América Latina e as tecnologias empregadas pela empresa de Cingapura.

A comitiva do Estado percorreu as mais importantes instalações do estaleiro, que conta com um cais de um quilômetro de extensão, com profundidade de 15,5 metros, e as Oficinas Integradas, que únicas no país são totalmente automatizadas. As oficinas instaladas no município de Aracruz, Norte do Estado, possuem os mesmos equipamentos tecnológicos dos estaleiros de Cingapura do Grupo Sembcorp Marine, do qual o Estaleiro Jurong Aracruz é subsidiário.

Durante a visita o governador Renato Casagrande ressaltou a importância do empreendimento para o desenvolvimento regional equilibrado do Estado: "Gostaria de agradecer a oportunidade de vir ao Estaleiro nesta fase. Estive no lançamento da pedra fundamental, visitei novamente as obras em 2014 e tive a oportunidade de visitar a sede da empresa em Singapura. A decisão para que pudéssemos consolidar esse estaleiro foi um trabalho intenso, pois outras regiões queriam o projeto", lembrou o governador.

Casagrande ainda recordou que durante seu governo articulou para que o estaleiro fosse construído no Norte capixaba. "Hoje conquistamos uma posição estratégica, próxima às grandes áreas produtoras de petróleo. Nossa presença hoje é para dizer que a Jurong tem nosso total apoio para continuar executando esse trabalho e levando o desenvolvimento para os capixabas", afirmou.

Já o secretário de Desenvolvimento, Heber Resende, elogiou as modernas instalações do estaleiro: "Gostamos muito de ver essa estrutura montada, tanto para a indústria naval e offshore, quanto para segmentos de mercado, como a construção civil e de pontes, com a oferta de serviços integrados de engenharia e fabricação. Parabenizo o Estaleiro Jurong de Aracruz pelos investimentos realizados".

Em sua fala o presidente do Estaleiro Jurong Aracruz, Mr. Altaf Hossain, comentou as ações realizadas nos últimos anos, com destaque para a capacidade de geração de empregos pelo empreendimento. "Construímos um dos mais modernos estaleiros desse País. Concluímos a construção de nosso cais e dragamos nossa areia marítima a incríveis 16 metros, único do país com essa profundidade. Geramos mais de 4.600 empregos, com 90% de mão de obra capixaba, e temos potencial para mais. Precisamos de mais obras, superar grandes desafios. Temos potencial para gerar até 10 mil empregos", explicou.

Participaram também da visita técnica a vice-governadora Jacqueline Moraes; o futuro presidente do Bandes, Ângelo Baptista; o presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso, além de vereadores do município.


O estaleiro

Atualmente, o Estaleiro Jurong Aracruz emprega mais de quatro mil pessoas diretamente, que atuam na integração de módulos e comissionamento de plataformas de petróleo e no reparo de embarcações.

Com um posicionamento estratégico, próximo de grandes campos petrolíferos e de gás natural, como o pré-sal do Brasil e os campos de petróleo offshore no Atlântico, Golfo do México e África Ocidental, o setor possui um alto potencial de crescimento.

Além das instalações de ponta, o Estaleiro Jurong Aracruz possui um cais de atracação, instalações de oficinas de fabricação de aço e de tubulação auxiliares. Também possui o maior guindaste flutuante da América Latina, que aumenta a eficiência operacional e dá vantagem competitiva ao estaleiro.

A capacidade das instalações permite a realização da construção de navios-sonda, plataformas semissubmersíveis e jack-up, plataformas e embarcações de suprimento, integração de FPSOs e fabricação de módulos, além de reparos e obras de modificação em variados tipos de embarcações.

Detalhes das Instalações:
• Área do Terreno - 82,5 hectares;
• Extensão do Cais Sul - 263m x profundidade de até 19m;
• Cais Sul - 253m x profundidade de até 15.5m;
• Finger Pier - 407m x profundidade de até 8.5m;
• Canal de Entrada - profundidade de 15.5m;
• Workshops - Instalações de oficinas de fabricação de aço e tubulações auxiliares;
• Guindaste Flutuante - 3.600 T, o maior da América Latina;
• Guindaste-pórtico - 1 unidade 300T x 150m;
• Guindaste de lança - 2 unidades 50T x 50m.





Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?