Espírito Santo

Erick Musso a um passo de ser reeleito presidente da Ales - Assembleia ES

Assembleia ES Erick Musso a um passo de ser reeleito presidente da Ales

No próximo dia 1º de fevereiro, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) irá votar quem será o próximo presidente da Casa. Com ampla vantagem em relação ao concorrente Theodorico Ferraço (DEM), a reeleição do deputado Erick Musso (PRB) à Presidência é tida como certa.

Dos atuais deputados, 11 dos reeleitos já confirmaram a preferência no jovem deputado, e entre os novatos, Erick possui a preferência de 14 deputados. Contando com seu voto, Musso totaliza 26 votos.

Até esta quarta-feira (23), apenas quatro deputados não se inscreveram na lista de Erick, Theodorico Ferraço (DEM), os dois deputados do PSB, Bruno Lamas e Sergio Majeski, e a deputada Iriny Lopes (PT), a petista até esta quarta-feira não havia assinado a lista, porém anteriormente já havia declarado apoio a Erick, elevando o total a 27 dos 30 parlamentares.

Agora Erick já se articula para definir os principais cargos da Mesa Diretoria e, também, as presidências das comissões permanentes.

A Mesa Diretora é responsável por organizar e dirigir os trabalhos legislativos e os serviços administrativos da Ales. Fazem parte da Mesa o presidente e o 1º e 2º secretários, eleitos a cada dois anos pelos deputados estaduais.

Os membros são eleitos em sessão preparatória, no início do primeiro e terceiro anos da legislatura, sendo permitido ao presidente se reeleger. Para substituir o presidente são eleitos o 1º e 2º vice-presidente. Já para suprir a falta do 1º e 2º secretários são escolhidos o 3º e 4º secretários.

Assim, a Mesa Diretora é composta pelo presidente, juntamente como os 1º e 2º secretários, além dos 1º e 2º vice-presidentes, e os 3º e 4º secretários.

Já as comissões permanentes são órgãos técnicos criados pelo Regimento Interno da Casa e constituídos de deputados (as), com a finalidade de discutir e votar as propostas de leis que são apresentadas à Assembleia. Com relação a determinadas proposições ou projetos, essas comissões se manifestam emitindo opinião técnica sobre o assunto, por meio de pareceres, antes de ser levado à votação.

Em ação fiscalizadora, as comissões permanentes atuam como mecanismos de controle dos programas e projetos executados ou em execução, a cargo do Poder Executivo, e perduram enquanto constarem do Regimento Interno.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?