Espírito Santo

Lei garante premiações iguais entre homens e mulheres - Justo

Justo Lei garante premiações iguais entre homens e mulheres

Na manhã desta segunda-feira (05) o governador Paulo Hartung sancionou uma lei que garante igualdade no pagamento de premiações para homens e mulheres, em eventos esportivos realizados no Espírito Santo.
A Lei 10916, de autoria do Executivo Estadual, prevê a equiparação em todas as competições que possuírem o Governo do Estado como patrocinador.

Na solenidade Hartung agradeceu a presença das atletas e destacou que, além da mudança na premiação, há a necessidade de a sociedade avançar ainda mais em temas relacionados à igualdade de gênero. Hartung ainda comentou como exemplo a importância de igualar o salário entre homens e mulheres.

"Essa lei que sancionamos hoje foi enviada para a Assembleia Legislativa e aprovada. A sanção, que já seria importante em qualquer tempo, é ainda mais neste cenário que estamos vivenciando, em que existe a iminente preocupação com os valores democráticos e direitos de igualdade. Hoje celebramos um ato importante para mantermos as conquistas que a sociedade adquiriu após o regime de exceção. Fico feliz por termos avançado neste movimento iniciado por vocês e que pudemos ajudar", disse o governador.

Para Marcelo Coelho, secretário de Estado de Esportes e Lazer, a decisão é pioneira e serve de exemplo para os outros estados.

"É um momento único e pioneiro. O movimento criado pelo governador Paulo Hartung já está sendo copiado por outros Estados. Atendemos nossas atletas e reforçamos o coro de que estamos no momento em que todos devem ser tratados em igualdade de condições. Muitas vezes o local de competições é o mesmo, a ferramenta de trabalho é igual, as regras também. Então não se deve tratar diferente na hora de premiar e reconhecer a conquista", comentou o secretário.

O motivo decisivo para a criação da lei foi o anúncio da 3ª Etapa do Circuito Nacional de Bodyboarding, realizada em Vila Velha, no mês de agosto. Naquele evento, a Confederação Brasileira da modalidade anunciou premiação injusta de R$ 10 mil ao vencedor da categoria principal masculina, e premiação de apenas R$ 5 mil à ganhadora da categoria feminina.

Na oportunidade, de imediato o secretário Marcelo Coelho se reuniu com a direção da Confederação e as atletas no intuito de rever a decisão. O governador Paulo Hartung, ao lado de Coelho, recebeu as atletas no Palácio Anchieta e anunciou a decisão de igualar a premiação e se comprometeu em criar um projeto de Lei para equiparação de premiações em campeonatos futuros, em todas as modalidades.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?