Linhares

Piloto e empresário continuam desaparecidos - Asa Delta motorizada

Asa Delta motorizada Piloto e empresário continuam desaparecidos

Continuam desaparecidos o piloto Maike Estefaneli Barcelos e o empresário Douglas Lana, que partiram de asa delta motorizada, de Linhares, no Norte do Espírito Santo, com destino a Mucuri, na região Sul da Bahia, na sexta-feira (21). A aeronave também não foi localizada.

Eles estavam a caminho de um encontro de aero camping no município baiano, que faz divisa com o estado capixaba. A aeronave saiu de Linhares às 4h40 de sexta. Das 60 aeronaves cadastradas no evento, apenas a aeronave com os capixabas, do modelo "Trike Voador" não chegou.

As buscas foram iniciadas no sábado (22), quando familiares ficaram sabendo que a dupla não tinha chegado ao evento, e acionaram o Corpo de Bombeiros e o Notaer, que logo iniciaram as buscas.

Após quatro dias de buscas infrutíferas, os trabalhos passaram a se concentrar em duas frentes, sendo uma pela Reserva de Sooretama e outra pela Lagoa Juparanã, em Linhares. Há muitos envolvidos na busca, além dos profissionais, familiares e amigos estão engajados, formando grupos de helicópteros, de carro e de bicicleta.


Buscas

De acordo com o pedreiro Nelson Moreira, uma asa delta teria sobrevoado sua residência, porém aparentava estar com problemas. "Só que estava muito devagar, muito mesmo. Eles seguiram em direção a São Mateus", informou Moreira.
Nelson mora em Córrego Farias, interior de Linhares, local a poucos quilômetros de onde Maike Estefaneli Barcelos e Douglas Lana decolaram na última sexta-feira (21). É nessa mesma região que as buscas estão concentradas.

Buscas estão sendo feitas pela Polícia Militar Ambiental mata adentro. "São duas guarnições da Polícia Militar Ambiental, tem integrantes do Corpo de Bombeiros, que estão andando por esse terreno. A gente está percorrendo cada lugar, conversando com pessoas, tentando ver algum vestígio, algum indício da aeronave", comentou o tenente Mauri Portugal.


Sigilo telefônico

Para auxiliar nas buscas, os familiares dos envolvidos pediram a quebra do sigilo telefônico dos dois, para tentar encontrá-los por meio do GPS. A Justiça prontamente autorizou no dia seguinte ao pedido.
"O ideal é que a gente possa, de alguma forma, cruzar informações que levam à localização desses celulares. É a forma mais eficaz de achá-los, até o momento", falou Anderson de Sá, amigo de Maike Estefaneli Barcelos e Douglas Lana.


Mensagem

Segundo a namorada do empresário Douglas Lana, ele teria enviado uma foto após a aeronave levantar voo. A foto foi tirada às 5h14, sete minutos após a decolagem, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. Na foto, tirada por Douglas, dá para ver o piloto durante o voo.



Piloto e empresário após levantarem voo


Pane mecânica

Para o pai do piloto Maike Estefaneli Barcelos, a principal hipótese é que tenha ocorrido uma pane mecânica na aeronave.

"Eu acho que deu pane e ele está em algum lugar onde não consegue falar. Mesmo quando para o motor, dá para pousar tranquilo. É só escolher um lugar bom. Eu estou esperando achá-lo vivo e ele vai estar vivo", afirmou Jânio Barcelos, que também é piloto.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?