Cachoeiro de Itapemirim

Policial é covardemente assassinado enquanto dormia - Violência

Violência Policial é covardemente assassinado enquanto dormia

Na madrugada desta sexta-feira (31) um policial civil foi assassinado covardemente dentro de casa enquanto dormia, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. 

Elias Borrette Mariano, de 51 anos, estava em uma cama de casal, em companhia de sua esposa e filha, de cinco anos, na hora do crime. 

Depois do crime, por volta das 2h Mariano chegou a receber os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos. A mulher em estado de choque passou mal e foi levada para um hospital particular de Cachoeiro.


Furto

De acordo com a Polícia Civil (PC), o criminoso após atirar em Elias, fugiu levando o carro da PC descaracterizado que estava na residência. 

Felizmente o assassino, que não teve o nome divulgado, já foi capturado no município de Muqui, a 32 Km de Cachoeiro. O veículo da PC, roubado no crime, foi encontrado em Atílio Vivácqua, a 9 quilômetros do local do crime.


Crime

De acordo com a investigação realizada na casa da vítima realizada pela perícia da PC, o criminoso pulou o muro do fundo do terreno e invadiu a casa. 

Após invadir a casa o marginal atirou em Elias enquanto ele dormia em companhia da esposa e filha. Após o disparo o criminoso fugiu com o carro da polícia descaracterizado. 

Um dos vizinhos de Elias, Maurício Lima, testemunhou que estava indo dormir, quando ouviu os disparos. "Eu estava indo deitar e só escutei os disparos. Era um vizinho que não dava perturbação a ninguém. Todo mundo na rua gostava dele", disse Lima.


Nota de pesar da Polícia Civil

Em nota, a Polícia Civil disse "tem muito a agradecer a esse policial que, durante quase sete anos de carreira, sempre demonstrou profissionalismo, competência e disposição em trabalhar na instituição e em prol da população.

Prova disso é que conquistou muitos elogios, só em sua ficha funcional contam 14, todos pelo excelente trabalho desempenhado nas unidades policiais da 7ª Delegacia Regional – Cacheiro de Itapemirim .

Nesses elogios estão destacados a competência e o comprometimento ao realizar as missões, demonstrando, sempre, excepcional dedicação ao serviço público e cumprindo seu dever de forma incansável resolvendo crimes patrimoniais, contra o tráfico de drogas, prisão de homicidas, violência doméstica e atuando em operações conjuntas em todos os municípios do sul do estado.

Manifestamos aqui nossa solidariedade aos amigos e aos colegas que ele fez na instituição, bem como aos familiares, rogando a Deus que conforte o coração de todos neste momento".


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?