Baixo Guandu

Guandu Pomerfest prevê fluxo de 30 mil pessoas - Festa Pomerana

Festa Pomerana Guandu Pomerfest prevê fluxo de 30 mil pessoas

A 2ª Guandu Pomerfest já está com a programação praticamente definida e a comissão organizadora acredita que, nos três dias da festa, um fluxo de 30 mil pessoas prestigie as muitas atrações que vão acontecer nas ruas e no pátio do GB, ao lado da praça São Pedro.

Na última segunda-feira (06/08) a comissão organizadora fez na Câmara Municipal uma nova reunião e encontro com os comerciantes da cidade, explicando em vídeos e slides tudo que vai acontecer na festa pomerana de Baixo Guandu.

O encontro com os comerciantes teve o objetivo de incentivar os lojistas a ornamentarem seus estabelecimentos com motivação pomerana, dando um aspecto mais festivo à cidade. No ano passado, mais de 60 lojistas aderiram à ornamentação e neste ano a expectativa é aumentar este número.

A 2ª Pomerfest se realiza de 11 a 14 de outubro. No dia 11, quinta-feira a partir das 18 horas, a Câmara Municipal faz sessão solene homenageando famílias pomeranas/germânicas que contribuírampara o desenvolvimento econômico e social de Baixo Guandu. Na sessão será lançado um livro sobre a presença pomerana no município e região.

Nos dias 12, 13 e 14 de outubro, as atrações são variadas, com vários shows de bandas pomeranas, apresentação de danças típicas, desfile pomerano e no pátio de festas, mais de 20 barracas vão oferecer comidas e bebidas típicas. A festa deste ano dará inclusive mais conforto ao público, com muitas cadeiras e uma enorme tenda para proteção do sol ou chuva.

A Guandu Pomerfest é uma realização da Prefeitura Municipal e da Associação Diacônica Luterana, (ADL) que é ligada à Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). Mas da comissão organizadora fazem parte pessoas ligadas a várias outras denominações religiosas, uma vez que se trata de uma festa de motivação cultural.

Realizada pela primeira vez em Baixo Guandu no ano passado, a Pomerfest surpreendeu pelo grande público e motivou mais ainda a Prefeitura e a ADL a fazer uma segunda edição muito melhor. A festa já está no calendário de eventos oficiais da cidade e será permanente.

Baixo Guandu possui 40% de sua população descendentes de pomeranos/germânicos. Eles começaram a chegar na região do Crisciúma, vindos de Santa Maria de Jetibá, nos anos 1920, quando ocorreu também uma forte migração para o Norte de Itueta.

Em Guandu os pomeranos/germânicos escreveram uma história de muito trabalho, contribuindo decisivamente para o desenvolvimento local. E até hoje preservam muito sua cultura, com o idioma presente e religiosidade forte, além de uma gastronomia que nunca perdeu suas raízes.

O prefeito Neto Barros, que lançou a ideia da festa pomerana nas comemorações dos 500 anos da Reforma, no começo do ano passado, diz que se sente muito feliz em ajudar a preservar a cultura deste etnia, com a realização da Pomerfest.

"Fizemos uma ótima festa no ano passado e a deste ano com certeza será muito melhor", falou o prefeito Neto, que destacou também a parceria com entidades para a organização do evento. "Esta união de forças é muito importante e preservar a cultura pomerana é acima de tudo uma questão de justiça. A Guandu Pomerfest agora é permanente e já está se tornando uma das melhores festas do Estado", disse o prefeito.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?