Baixo Guandu

Baixo Guandu comemora 400 dias sem homicídios - Segurança

Segurança Baixo Guandu comemora 400 dias sem homicídios

O município de Baixo Guandu, Noroeste do Espírito Santo, que já foi considerada uma das cidades mais violentas do Estado, hoje felizmente vive uma nova realidade. 

Nesta segunda-feira (16), o município bateu seu novo recorde histórico ao longo de seus 83 anos de emancipação, comemorando exatos 400 dias sem o registro de casos de homicídios. O último assassinato ocorreu na cidade no dia 11 de junho de 2017.

Para homenagear o feito, a Prefeitura do município realizou no último dia 15 de junho (sexta-feira), uma solenidade em homenagem às policias Civil e Militar, membros da Promotoria Pública e do Poder Judiciário, marcando exatamente um ano sem crimes de morte na cidade. 

Na ocasião foram entregues 95 placas comemorativas, homenageando policiais militares de todas as patentes, todo o pessoal que atua na Polícia Civil, ao promotor público e dois juízes da Vara Criminal.

Um dos principais fatores que contribuiu para a diminuição da violência em Baixo Guandu foi a criação do Gabinete de Gestão Integrada em 2013, que além de proporcionar uma maior integração entre as Polícias Militar e Civil, passou a promover reuniões periódicas exatamente com a finalidade de analisar, discutir e buscar soluções para a violência que imperava no município.

Para mensurar melhor o feito, Baixo Guandu chegou a registrar 25 homicídios no ano de 2011. Em 2014 iniciou a queda nos crimes de assassinato, com registro de 18 casos; em 2015 foram 15 ocorrências, em 2016, 12 casos de homicídio e em 2017, 11 assassinatos, o último deles ocorrido em 11 de junho. Em 2018, nenhum crime de morte, completando-se hoje, desta forma, 400 dias sem homicídios.

Para o prefeito Neto Barros o Gabinete de Gestão Integrada juntamente com as polícias e órgãos competentes continuarão o esforço em conjunto no combate ao crime, em especial contra a vida humana. "A queda da violência é uma grande alegria para todos nós guanduenses, mas temos que manter e aprimorar o trabalho realizado em conjunto. Da nossa parte só temos que agradecer às policias Civil e Militar, o Poder Judiciário e a Promotoria Pública, que se juntaram ao grande esforço em mudar um quadro difícil que trazia tanta angústia a todos", disse Barros.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?