Serra

Megaoperação policial em Ourimar envolveu 71 policiais - Segurança

Segurança Megaoperação policial em Ourimar envolveu 71 policiais

Uma megaoperação policial foi realizada na manhã desta terça-feira (19), no Conjunto Ourimar, na região de Manguinhos, na Serra. Realizada em conjunto pelas Polícias Militar e Civil, visava combater o tráfico de drogas e de outros crimes. O local é tido como um dos mais conflituosos pontos de tráfico Grande Vitória.

A ação teve inicio às 6h, envolveu 71 agentes, que cercaram todo o condomínio para evitar as fugas e se posicionaram estrategicamente fechando o acesso das torres do condomínio. Com o objetivo de cumprir nove mandados de prisão e 59 mandados de busca e apreensão, os policiais entraram em diversos apartamentos. Cinco pessoas foram presas.

Um dos comandantes da operação, major Werneck, falou da operação. "Chegamos antes das 6 horas, o cerco externo, incluindo a área de mata, para evitar que qualquer indivíduo viesse a fugir. Tinhamos nove mandados de prisão e, até o momento, tenho conhecimento de uma quantidade de drogas apreendida, que ainda estamos contabilizando, e indivíduos detidos. Os criminosos possivelmente estão envolvidos em homicídios e tráfico de drogas na região", explicou o major.

O major ainda falou das dificuldades de combater o crime em ambientes particulares. "Se trata de um condomínio particular. A PM, por uma questão legal, não pode fazer patrulhamento dentro do condomínio, isso dificulta um pouco a ação dos órgãos de segurança. A ideia (com as operações) é buscar proporcionar à população que aqui reside maior dignidade e pleno desempenho de seus direitos de cidadão", complementou o major Werneck.

O Condomínio Ourimar fica localizado próximo à praia de Manguinhos. Faz parte do programa Minha Casa Minha Vida, e foi ocupado em 2016 por famílias de baixa renda, beneficiadas pelo programa social. O local possui 2,5 mil moradores, 70 blocos e 608 apartamentos.

Menos de um ano depois que os apartamentos foram entregues, pessoas com envolvimento com o tráfico dominaram o local. Para se ter noção da gravidade da situação, 48 famílias foram expulsas de seus apartamentos por traficantes em 2017. Ano em que apenas no segundo semestre nove operações foram realizadas no condomínio, com a prisão de cinquenta pessoas.

Segundo a polícia, as leis do tráfico impostas pela quadrilha local forçava os moradores a esconder armas e drogas dentro de suas residências. Os que não cumpriam estas e outras exigências eram expulsos ou mortos pelos marginais. Ourimar chegou a ser apelidado de Carandiru por moradores do condomínio e da região.



Foto ilustrativa: Caíque Verli/ Gazetaonline


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?