Itaguaçu

Vereador denuncia gestão em Itaguaçu. Prefeito responde - Polêmica

Polêmica Vereador denuncia gestão em Itaguaçu. Prefeito responde

   

Nesta segunda-feira (07) o vereador Uesley Corteletti usou a rede social para fazer denúncias contra a atual gestão da Prefeitura de Itaguaçu. As denúncias abordam a situação do transporte escolar e do recolhimento do lixo.

Segundo o vereador, o transporte escolar utilizado pelos alunos da faculdade de Santa Teresa está em péssimo estado, pondo em risco a segurança dos estudantes. Segundo ele, os pneus dos veículos estão altamente deteriorados, a ponto de ficar com arames expostos, podendo ocasionar um grave acidente. 

"Entre o ano de 2017 e 2018, busquei várias vezes o diálogo com o prefeito a respeito do transporte escolar do município, devido ao problema da manutenção dos veículos, em especial os pneus. Tentei entrar em contato várias vezes, mas infelizmente ele não me recebeu", disse Corteletti. 

O vereador afirma também que a cidade sofre com a falta de locais específicos para o descarte do lixo. Segundo Corteletti, a cidade não possui bases fixas para a coleta. Isso obrigaria a população a deixar o lixo nas calçadas, onde cães de rua romperiam as sacolas plásticas em busca de alimento, sujando ainda mais as ruas. 

"No caso do lixo não foi muito diferente. Em 2017, cheguei a apresentar na Câmara Municipal um requerimento para colocar bases fixas de lixo nas ruas de Itaguaçu, para que a gente possa descartar o lixo com certa dignidade. Apresentei novamente o requerimento em 2018, mas infelizmente o Prefeito não me deu ouvidos", acrescentou o vereador.
Corteletti afirma também que tem sido perseguido pelo atual prefeito Darly Dettmann (MDB). O vereador afirma que não tem sido convidado a participar de reuniões realizadas com os vereadores.

O que diz o prefeito

Capixabão conversou com Darly Dettman sobre as denúncias feitas pelo vereador. O prefeito ofereceu suas respostas sobre o mencionado problema com o lixo e com o transporte escolar.

Sobre o lixo, Dettmann afirma que a própria população em sua maioria não quer as bases fixas. "Elas servem de depósito para aqueles que querem se livrar de seu lixo, mas não são moradores próximos. É o que acontece principalmente no final de semana. Isso causa grande transtorno a todos devido ao mau cheiro e à contaminação de doenças. Por esse motivo, as bases fixas são invisíveis ", diz.

Sobre o transporte escolar, Dettmann afirma que a troca de pneu é programada. "A próxima troca está prevista para sexta-feira (11). Fui pessoalmente verificar o estado dos pneus e posso afirmar que estão no momento de substituição regular. Eles não estão com o arame exposto. Portanto, nesse momento, não oferecem nenhum risco aos alunos", afirmou. 
 






Relembre outro 
episódio de limpeza na cidade... 





Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?