Vila Velha

Emescam é homenageada pelo meio século de serviços - Medicina

Medicina Emescam é homenageada pelo meio século de serviços

Várias gerações de médicos formados pela Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam) foram homenageadas pelo Legislativo estadual por ocasião dos 50 anos da instituição de ensino.

Houve a entrega de placas e de certificados a profissionais que contribuem para o avanço da medicina, atuando não só em consultórios mas também na área acadêmica, e inclusive fora do país.

O diretor-geral da Emescam, Flávio Takemi Kataoka, lembrou que, na própria Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional, há políticos formados em medicina egressos da Emescam, entre eles os deputados estaduais Doutor Hércules e Rafael Favatto, e os federais Manato e Jorge Silva.

Ele afirmou que isso demonstra o reconhecimento da população à competência profissional e ao caráter humanitário dessas lideranças políticas que passaram pelos bancos da escola de medicina da Santa Casa de Vitória.


Luiz Buaiz

O diretor destacou também a presença no evento de duas pessoas "importantíssimas" na história da Emescam: o "eterno professor" Luiz Buaiz e a provedora Maria da Penha D’Ávila.

Luiz Buaiz falou em nome dos homenageados e destacou a trajetória da Emescam ao longo de meio século, citando nomes de pioneiros que ajudaram no processo de criação formal e de funcionamento da escola de medicina.

Ele enfatizou que cabe às novas gerações de professores e alunos o desafio de manter viva essa tradição e de evoluir no tempo, assimilando os novos conhecimentos trazidos pelos avanços das pesquisas e das novas tecnologias.

O proponente da solene, deputado Hudson Leal (PRB), que é anestesiologista, citou que em cinco décadas de funcionamento a Emescam formou mais de 6 mil médicos.

De acordo com o parlamentar, com o desenvolvimento da instituição de ensino, que resultou na abertura de novos cursos nas áreas de fisioterapia, enfermagem e serviço social, mais 4 mil profissionais foram inseridos no mercado da área da saúde.

Conforme Hudson, a prova do prestígio da Emescam é a disputa acirrada por vaga nos cursinhos que preparam jovens para entrar nessa instituição.

Formados pela Emescam, os deputados da Casa, Doutor Hércules (PMDB) e Rafael Favatto (PEN), e os federais Manato (PSL) e Jorge Silva (SD), enalteceram a importância da Emescam no desenvolvimento da medicina capixaba. Graduada em enfermagem pela instituição, a deputada Janete de Sá também parabenizou a instituição pelo jubileu de ouro.

Manato anunciou que outra sessão solene será realizada no plenário da Câmara Federal para celebrar os 50 anos da Emescam. Ele disse ainda que a bancada capixaba no Congresso está mobilizada para garantir emenda impositiva ao orçamento federal com vistas a construir e equipar novo prédio para a escola.


História da Emescam

A Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam) iniciou suas atividades em março de 1968.

É considerada uma das mais importantes faculdades de medicina do país e, com a inclusão dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Serviço Social, tornou-se referência para outros profissionais que pretendem seguir carreira nesses segmentos da área da saúde.

Oficialmente a história da Emescam começou em 1966, quando foi criada por um ato da Mesa Administrativa da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vitória.

A Emescam foi a segunda faculdade de medicina criada no Estado. Anteriormente, o único curso da área disponível no Espírito Santo pertencia à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Em 1999, foi inaugurado no curso de Fisioterapia. Em 2002, abriu o curso de Enfermagem e, em 2003, o de Serviço Social.

A Emescam faz parte da estrutura organizacional da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (ISCMV) e tem como hospital de ensino o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória (HSCMV). A instituição é governada por uma mesa diretora e é uma instituição sem fins lucrativos.




Médicos homenageados com placas

Maria da Penha Rodrigues D’Avila – ginecologista formada pela Emescam.

Flávio Takemi Kataoca – diretor-geral da Emescam e diretor-técnico do Hospital Santa Mônica.

Rafael Mussiello – ginecologista e obstetra, ex-diretor da Emescam.

Nilo Fernando Rezende Vieira – clínico médico e infectologista. Professor da Emescam, ex-presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-ES).

Álvaro Armando Carvalho de Moraes – mestre em cirurgia abdominal, atua na Emescam desde 1976, ocupando diversos cargos.

Severino Dantas Filho – professor de Pediatria e ex-diretor da Emescam.

Cláudio Medina da Fonseca – professor de cirurgia e ex-diretor da Emescam.

João Luiz Sandri – Formado na primeira turma da Emescam (1973) e professor de cirurgia vascular.

Antônio Chambô Filho – professor doutor, titular da cadeira de Ginecologia e Obstetrícia da Emescam.

Michel Silvestre Zouain Assbu – médico assistente do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória.

Hércules da Silveira – deputado estadual, ginecologista, obstetra e médico do trabalho. Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa.


Médicos indicados pela deputada Janete de Sá

Cláudio Laurindo dos Santos, Fábio Auriemma, Paulo de Tarso Auad e Paulo Roberto Moulin).


Médicos homenageados com certificados

Afonso Marcos Vescovi;

Ailton de Araújo Cerqueira;

Antônio Wilson Fiorot;

Atyla de Freitas Quintaes;

Carlos Gomes Heringer;

Carlos Humberto Manato;

Carlos Pimentel Moschen;

Cláudio Rodrigues Costa;

Édson Ricardo Loureiro;

Edvan Clara Ferreira;

Elizeu Maurício Pevidor;

Fabiano Pimentel Pereira;

Fernando Antônio Chiabai de Freitas;

Fernando Rodrigues Costa;

Hélio Barroso dos Reis;

Iran Malfitano Arantes;

João Alípio Barcellos Noé;

Jocyley Emerick Padilha;

Jorge Silva;

José Silva;

José Zitenfeld Cardia;

Leogildo Charpinel;

Lindon Jonhson Arruda Pereira;

Luiz Buaiz;

Manoel Pessanha Neto;

Márcio de Oliveira Almeida;

Marcos Arthur Sousa;

Marcos Mattoso Berriel;

Marcos Novaes;

Marcus Vinícius Azevedo Tanure;

Nélio Ribeiro Nogueira;

Orlando Oliveira Almeida;

Orlando Filetti Filho;

Otto Fernando M. Baptista;

Pergentino Pereira de Paula Júnior;

Roberto Casotti Lora;

Roberto Moreira Santos;

Rogenir Roque Rodrigues;

Rogério Carlos Lima Rangel;

Sebastião Leonardo da Silveira;

Sérgio Vidigal;

Vinícius Gomes da Silveira;

Ana Lúcia de Mello Machado;

Giovanna de Moraes Pretti;

Maria Berenice Pimentel Pereira;

Humberto Gomes;

Ilza Miranda Bitran;

Luzia Célia Mapelli Duque;

André Carnevali da Silva;

Alvino Jorge Guerra;

Mitre Kalil;

Danilo Nagib Salomão Paulo.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?