Espírito Santo

Gilsilene Passon é a nova Secretaria de Direitos Humanos - Social

Social Gilsilene Passon é a nova Secretaria de Direitos Humanos

O governador Paulo Hartung anunciou, nesta quarta-feira (02), o nome da nova secretária estadual de Direitos Humanos. Assume a pasta a professora pós-doutora Gilsilene Passon Picoretti Francischetto.

Durante a reunião que celebrou a nomeação e posse da nova secretária da pasta, o governador Paulo Hartung destacou a capacidade técnica e a habilidade de diálogo da Gilsilene Passon. Hartung afirmou que a nova gestora vai dar continuidade aos projetos e ações desenvolvidos na Secretaria, em especial, o Programa Ocupação Social. "É uma professora com excelente formação na área dos diretos humanos e do trabalho, com um vasto currículo e grande interlocução. Essa é uma substituição da qual tenho certeza que irá manter qualificado todo o trabalho feito até aqui pela Secretaria de Direitos Humanos. Também é uma medida que vai auxiliar na consolidação das políticas públicas inovadoras que estamos implantando no Estado", afirmou o governador Paulo Hartung.

Esta é a primeira experiência de Gilsilene na gestão pública, que construiu carreira profissional na academia, na área do Direito, em especial nos temas: Direitos Humanos, Direito do Trabalho e Metodologia do Ensino Superior.

"Assumi o desafio de estar à frente da Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH) por acreditar que este é um espaço de muita potência e de extrema importância para ser ocupado e trabalhado a favor dos direitos de todos, e por acreditar que as ações hoje realizadas pela secretaria merecem ser mantidas, em especial o Programa Ocupação Social, no qual eu muito acredito", afirmou a secretária de Direitos Humanos, Gilsilene Passon.

Durante o anúncio, também estavam presentes a secretária de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Andrezza Rosalém, que nas últimas semanas também respondeu pela SEDH; o secretário de Estado de Planejamento, Régis Mattos Teixeira; a superintendente de Comunicação, Andréia Lopes; e o ex-secretário de Direitos Humanos, o professor Julio Cesar Pompeu.

"É uma honra ver minha colega, a professora Gilsilene Passon, assumir a pasta na qual eu estava, e saber que, agora, além da sala de aula, também temos em comum a experiência na gestão pública. Ela é capaz não somente pela sua formação e envolvimento com as causas humanistas, mas também pelo seu caráter e sua caminhada pessoal", contou Pompeu.


Formação

Gilsilene Passon é graduada em Direito, pela Universidade Federal do Espírito Santo (1998), e em Pedagogia, pela Universidade Norte do Paraná-UNOPAR (2013); com mestrado em Direito, pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001); doutorado em Direito, pela Universidade Gama Filho (2005); pós-graduação em Docência do Ensino Superior, pela Universidade Norte do Paraná-UNOPAR (em andamento) e pós-doutorado em Ciências Sociais, pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal - 2008), sob a orientação do Professor Doutor Boaventura de Sousa Santos.

É professora titular na graduação, pós-graduação, mestrado e Doutorado da Faculdade de Direito de Vitória (FDV), tendo experiência na área de Direito, com ênfase em Direito do Trabalho, Direitos Humanos e Ensino jurídico. Na área da Educação, desenvolve pesquisas nos seguintes temas: formação de professores, memórias e desigualdades de grupos sociais invisibilizados e a escola como espaço das diferenças.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?