Colatina

Programa Bolsa Família terá reajuste de 5,67% - Assistência Social

Assistência Social Programa Bolsa Família terá reajuste de 5,67%

Presidente Michel Temer anunciou mudança no valor médio benefício em pronunciamento nesta sexta-feira (30). Medida passará a valer a partir de julho


Beneficiários do Bolsa Família terão incremento de 5,67% no valor médio do repasse mensal a partir de julho. Com a alteração, o auxílio passará de R$ 177,71 para um valor estimado de R$ 187,79. O reajuste cobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de julho de 2016 a março de 2018 (4,01%). A suplementação orçamentária para este ano será de R$ 684 milhões.

O programa auxilia famílias com renda per capita mensal de até R$ 85 ou de R$ 85,01 a R$ 170, no caso dos que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos. A autorização do reajuste foi anunciada pelo presidente da República nesta segunda-feira (30), em pronunciamento sobre o Dia do Trabalho, comemorado amanhã (1º).

Quase 46,6 milhões de brasileiros contam, todos os meses, com o auxílio indispensável do Bolsa Família para garantir a alimentação, a saúde e a educação das famílias. Considerando a projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que estima que haja 208,9 milhões de habitantes no País, cerca de 22% da população é beneficiada pelo Bolsa Família.


Programa Bolsa Família

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, atualmente, há 13,7 milhões de famílias inscritas no programa, que recebeu R$ 29 bilhões do governo para transferência de renda em 2017. Os beneficiários recebem o dinheiro mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde, educação e assistência social.

Nos últimos dois anos, o programa teve ações de fiscalização intensificadas, o que garantiu a melhoria na gestão e que o benefício chegasse às famílias que realmente precisam. Para isso, foram aprimorados os mecanismos de controle da base de dados por meio do cruzamento de informações dos beneficiários.


Acesso 

Famílias interessadas em entrar no programa devem se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O cadastramento pode ser feito nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) ou na gestão municipal do Bolsa Família e do Cadastro Único.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?