Vargem Alta

Linha férrea pode ser removida - Fluidez do trânsito

Fluidez do trânsito Linha férrea pode ser removida

A linha férrea que atravessa a cidade de Vargem Alta, no Sul do Estado, pode ser removida. O ramal ligado à Vale S/A, segundo o prefeito do município, João Chrisóstomo Altoé, perdeu utilidade e dificulta o trânsito "gerando constantes congestionamentos". Nesta quarta-feira (11), a senadora Rose de Freitas (PODE) recebeu o prefeito para tratar do assunto na sede da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília.
Durante reunião com o diretor-presidente da ANTT, Mário Rodrigues Junior, Rose cobrou agilidade na solução do caso e o prefeito explicou a necessidade da operação. "No momento atual, percebemos que não está parecendo uma atividade comercial ativa desta [linha]. [A remoção] será para nós um desafogo na viabilidade urbana de trânsito, resolvendo nossa deficiência de uma cidade que não fora projetada para ter essa estrutura", justifica Altoé.

Fluidez do trânsito
Além dos congestionamentos, o prefeito também explicou que a linha é um empecilho para os caminhões de transporte da cidade. "Mostramos a necessidade de desafogar o tráfego rodoviário, que todos os dias vêm causando transtornos, pelo motivo de transporte de pedra artesanal, baús que transportam produtos hortifrutigranjeiros, além do transito de passagem e cargas normais do dia a dia", apontou.
O que diz a ANTT
O presidente da ANTT se comprometeu em realizar estudo sobre a viabilidade da remoção da linha férrea e responder na próxima semana. "Vamos montar um estudo de viabilidade e descobrir o melhor caminho. Pode ter certeza que a senhora [senadora Rose de Freitas] será atendida", afirmou Mário Rodrigues Junior. Consultada pela prefeitura, a Vale S/A se colocou à disposição para solucionar o caso.






Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?