Serra

Projeto amplia licença maternidade para mães de prematuros - Sensibilidade

Sensibilidade Projeto amplia licença maternidade para mães de prematuros


O projeto de Lei que altera o Parágrafo 2°, do artigo 106, da Lei que dispõe sobre o estatuto dos Servidores Públicos da Serra foi aprovado na sessão desta segunda-feira (12), por unanimidade dos parlamentares presentes.

A proposição prevê que o tempo de licença maternidade das servidoras municipais passe a ser contato a partir da alta hospitalar do bebe e não mais após seu nascimento. Para entrar em vigor, a lei ainda precisa da sanção do Executivo.

No Brasil há cerca de 340 mil nascimentos prematuros por ano, o que corresponde a 11,7% do total de nascimentos. São considerados prematuros os bebês que nascem antes de 36 semanas de gestação e que, portanto, dependem de cuidados especiais, permanecendo na UTI neonatal por algumas semanas para compensar a insuficiência do período intrauterino. No entanto, o tempo de licença maternidade concedido às mães desses bebês não considera essa peculiaridade.

De acordo com o Vereador Roberto Catirica, o projeto não causa nenhum tipo de impacto negativo para a administração municipal. Apenas permite que as mães de prematuros tenham a chance de interferir positivamente e afetivamente no desenvolvimento do bebe. "Esta é uma medida humanitária. Há casos de bebês que acabaram de ter alta do hospital e a mãe teve que voltar ao trabalho devido ao fim do período da licença maternidade, mesmo o bebê necessitando ainda de cuidados especiais".




Horário de funcionamento da Câmara:

8h às 18h;

Dia e horário das Sessões Plenárias:

Segundas e quartas de 16h às 19h.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?