Espírito Santo

Governo erra no diálogo com a Polícia Militar - Politica Capixaba

Politica Capixaba Governo erra no diálogo com a Polícia Militar

Desde a paralisação da polícia militar em fevereiro de 2017, o Governo do Estado tem errado o tom no diálogo com os militares, que reclamam do jeito autoritário do governador Paulo Hartung.

Com uma classe unida com quase 10 mil policiais militares na ativa e mais milhares na reserva, a tropa tem se mostrada organizada e coesa para também fazer o enfrentamento político. Para essa missão política eleitoral, teriam inclusive realizado recentemente um plebiscito para escolher quem irão apoiar para os cargos de deputado estadual e federal, senador, governador e presidente.

Se conseguir diminuir sair unida para as eleições deste ano, a tropa militar poderá dar trabalho, pois se cada militar tiver mais três pessoas em sua família, já estaríamos falando de um contigente de mais de 40 mil potenciais eleitores.

Cabe agora o Governo do Estado melhorar o diálogo, debater a possibilidade de um aumento salarial e atender outras demandas da classe, para tentar melhorar sua imagem com os policiais militares, do contrário sofrerá nas urnas algum revés.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?