Cariacica

Entreposto coloca Cariacica no mapa do desenvolvimento - Zona Franca

Zona Franca Entreposto coloca Cariacica no mapa do desenvolvimento

Cariacica é o endereço do novo Centro de Distribuição da Zona Franca de Manaus, área beneficiada com isenção de impostos que incentivam a produção. A unidade foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (2), em solenidade no Centro Logístico Industrial Aduaneiro Terca, ás margens da Rodovia do Contorno. O momento cria um marco para o desenvolvimento do Espírito Santo, mas principalmente para Cariacica, que se transforma num ponto estratégico de negócios, ratificando sua característica voltada à logística e distribuição de mercadorias.

O entreposto servirá como base para distribuição do que for produzido na região norte do país com destino aos mercados consumidores de estados das regiões sul, sudeste, centro-oeste e até nordeste, barateando e encurtando o tempo de transporte. O processo de criação, que teve início em 2015, envolveu os governos do Espírito Santo e do Amazonas, a Prefeitura de Cariacica o setor privado de logística e transporte instalado na cidade.

O evento de inauguração reuniu autoridades e empresários dos setores de transporte e logística. Entre os presentes o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, o senador Ricardo Ferraço, o prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia de Oliveira Junior, o Juninho, além de representantes do legislativo nas esferas federal, estadual e municipal.

O prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia de Oliveira Junior, o Juninho, lembrou da vocação logística como ponto forte para a implantação deste empreendimento. Para ele, esta pode ser uma alavanca que começará a mudar a história da cidade. "A novidade é fruto do trabalho de muitas mãos sob coordenação do Governo do Estado. Buscamos este entendimento desde o fim de 2015 e a consolidação é de extrema importância para a cidade de Cariacica, que agora se reafirma como grande potência de logística no Espírito Santo e Brasil", analisou Juninho.

Para o gestor municipal, será gerado desenvolvimento econômico, mas o maior legado para a cidade será social. "Com novas empresas, postos de trabalho serão gerados. Quando uma pessoa tem seu emprego, sua renda garantida, ela se emancipa. O ganho social é o mais importante nesse cenário. Estamos deixando um caminho estruturado para o desenvolvimento sustentável da cidade para que, a cada dia, cresça e dê mais qualidade de vida aos cariaciquenses".

A unidade ficará localizada às margens da Rodovia do Contorno, num dos armazéns do Terca, empresa do Grupo Cotia classificada como Centro Logístico Industrial Aduaneiro (CLIA). A carta de negócios já acordada será anunciada durante o evento de inauguração, mas o potencial é de que até 150 novas empresas possam mover parte de seus negócios para a cidade, proporcionando principalmente abertura de novas vagas de emprego. Entre os principais setores produtivos da ZFM estão: eletroeletrônicos, duas rodas, relojoeiro/joalheiro, metalmecânico, embalagens, químico, ótico, informática e de componentes eletrônicos.


Histórico

Em 2016 o edital de concorrência foi lançado pelo Governo do Amazonas e duas empresas, ambas instaladas em Cariacica, disputaram o direito de sediar o Centro de Distribuição. Após o trâmite legal, o Terca foi definido como vencedor, passando ao momento de homologação dos estados e viabilização comercial.

Uma comitiva formada por representantes do poder municipal, do legislativo e do executivo estadual visitou a Manaus apresentando a nova oportunidade aos empresários instalados na Zona Franca de Manaus. Cariacica foi apresentada como uma cidade que possui localização privilegiada, como acesso a porto e aeroporto, além de ser integrada por corredores rodoviários e ferroviários.

Entre os pontos levantados na viagem estava que há pontos positivos tanto para Manaus como pra Cariacica. O prefeito Juninho ressalta que centro de distribuição da Zona Franca em Cariacica será bom para todos os envolvidos pois será estratégico para levar o produto até o público consumidor. "Vimos, durante a viagem à capital amazônica, que um dos gargalos de produção das empresas lá instaladas é justamente área de estocagem, o que temos para oferecer em boa quantidade e qualidade em Cariacica. Portanto, esta parceria tende a ampliar a produção aqui em Manaus e gerar emprego, renda e desenvolvimento também na nossa cidade", analisou.

A última etapa foi a de homologação da unidade pela Superintendência da Zona Franca de Manaus, órgão responsável pela gerência do programa de incentivos.




Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?