Cariacica

Casagrande e Epa são interditados em Cariacica - Vigilância Sanitária

Vigilância Sanitária Casagrande e Epa são interditados em Cariacica

Após uma denúncia na Delegacia do Consumidor, a equipe de fiscalização da Vigilância Sanitária, em uma ação conjunta com o Procon Municipal, Procon Estadual e Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), interditou totalmente o supermercado Casagrande, em Cruzeiro do Sul, nesta quinta-feira (01). Foram constatadas irregularidades no armazenamento e exposição à venda de produtos alimentícios. Este é o segundo supermercado interditado no município em menos de um mês.

No depósito do Casagrande, foram encontradas fezes animais, ovos de baratas, telas de proteção abertas – o que permite a entrada de pragas e vetores no local. Além disso, havia produtos alimentícios armazenados próximos a produtos de higienização, bem como mercadorias vencidas. Dentro das embalagens de grãos e macarrão, foi verificada uma infestação de besouros do tipo gorgulho. No açougue e nas galerias refrigeradas, foram encontradas carnes impróprias para consumo, além de embutidos reembalados com prazo de validade irregular . Na padaria, o teto estava sujo, com acúmulo de gordura.

O supermercado estava com a licença sanitária vencida desde novembro de 2017. Na interdição, foi solicitada a dedetização do local para controle das pragas e vetores. Após a desinfestação, o supermercado deverá dar entrada em processo de desinterdição, com a documentação comprobatória de que não existe risco sanitário e também dar entrada no pedido de renovação de licença. Só após nova vistoria pela equipe de fiscalização, o estabelecimento poderá ou não ser desinterditado.


Epa

No dia 16 de fevereiro, a Prefeitura interditou o Epa Supermecados, em Campo Grande, depois de denúncias na Ouvidoria Municipal e no Procon Municipal. Dentro das embalagens de grãos (arroz, amendoim, canjica, feijão, entre outros) e macarrão, foi verificada uma infestação de besouros do tipo gorgulhos, cuja origem não foi possível determinar. Por isso, na interdição, foi solicitada a dedetização do local para controle das pragas e vetores.

Além disso, foram encontrados produtos fora do prazo de validade expostos à venda; produtos sem identificação; produtos cujas embalagens estavam avariadas, o que os torna impróprios para consumo. Nas câmaras de refrigeração e congelamento, não havia separação de gêneros alimentícios; o estoque não estava organizado. O estabelecimento ficou fechado por quatro dias e reabriu após vistoria da Vigilância Sanitária.

As fiscalizações no Município de Cariacica funcionam por três maneiras: processo que é aberto no Município pela empresa para obter o licenciamento sanitário; denúncia recebida na Ouvidoria da Secretaria de Saúde; e busca ativa (fiscal em exercício de sua função descobre algum estabelecimento sem Licença Sanitária e sem empresa constituída). Neste caso, o fiscal notifica o estabelecimento para dar entrada em processo na Vigilância Sanitária para obter o licenciamento e recebe a fiscalização. Para denunciar irregularidades, os moradores podem entrar em contato com a Vigilância Sanitária pelo telefone 3354-5628, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. O cidadão também pode denunciar pela Ouvidoria da Saúde (3354-5602) ou pela Ouvidoria Municipal, pelo 162.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?