Vitória

A decadência de Luiz Paulo - Política Capixaba

Política Capixaba A decadência de Luiz Paulo

Poucos políticos no Espírito Santo tiveram decadência maior que Luiz Paulo (PSDB) na duas últimas décadas. Sem nunca ter tido um mandato sequer em sua vida, Luiz Paulo, então secretário do Prefeito Paulo Hartung, foi lançado candidato a Prefeito de Vitória em 1996. Com a máquina na mão e apoiado por uma gestão muitíssimo bem avaliada, ganhou a disputa com certa facilidade.

Aproveitando boa parte do quadro da gestão anterior de Paulo Hartung, não deve grandes dificuldades em se reeleger no ano de 2000 e em 2004 tentou emplacar o seu sucessor, mas com o desgaste de oito anos de gestão não conseguiu e acabou entregando a Prefeitura de Vitória para o PT de João Coser.

Em 2006 ainda contando com o apoio do então candidato à reeleição ao Governo do Estado Paulo Hartung, conseguiu se eleger para o seu último mandato, quando ganhou a eleição de deputado federal. Em 2010 em uma atitude que surpreendeu o mercado político entrou na disputa pelo Governo do Estado enfrentado Renato Casagrande, candidato apoiado pelo então governador Paulo Hartung e foi derrotado de forma acachapante.

Em 2012 Luiz Paulo encarou novo desafio e disputou a eleição para Prefeito de Vitória, encarado o então deputado estadual Luciano Rezende e novamente perdeu a eleição. Em 2014 o tucano tentou novamente se eleger deputado federal e novamente foi derrotado, restando apenas a 2º suplência, ficando atrás da ex-prefeita de Itapemirim Norma Ayub, que assumiu o mandato em janeiro de 2017 com a vitória de Max Filho na Prefeitura de Vila Velha.

Em 2015 Luiz Paulo comandou uma chapa para disputar a presidência do PSDB de Vitória e foi derrotado por um grupo de jovens tucanos. Em 2016 tentou emplacar sua candidatura novamente a Prefeito de Vitória e aos 45 minutos do segundo tempo recuou da disputa com medo de enfrentar o fenômeno Amaro Neto e o então Prefeito Luciano Rezende. Em 2017, Luiz Paulo se une a Max Filho e disputa a convenção estadual do PSDB contra o vice-governador Cesar Colnago e sofre nova derrota.

Agora em 2018, após ter saído de um cargo no Governo Federal de Michel Temer, Luiz Paulo tem anunciado que será novamente candidato a deputado federal, será que terá chances de vencer a disputa? A história política do tucano mostra que ele só ganhou as disputas que enfrentou, quando contou com o apoio do governador Paulo Hartung, padrinho político que Luiz Paulo anda estremecido. Portanto Luiz Paulo terá que mostrar fôlego para não sofrer a sexta derrota seguida.

Da redação do Capixabão



Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?