Guarapari

Ônibus terão sistema de biometria facial - Em fevereiro

Em fevereiro Ônibus terão sistema de biometria facial

Para acabar com o uso indevido dos cartões de passe escolar a empresa Expresso Lorenzutti implantou o sistema de biometria facial nos coletivos de Guarapari, que passa a funcionar em meados de fevereiro.

O sistema vai funcionar de forma bem simples. O estudante passa o cartão para pagar a passagem e automaticamente é feita a leitura facial em que seis fotos são tiradas dele e ficam armazenadas no coletivo. No final do dia o ônibus volta para a garagem e o sistema compara as fotos com a que já está no arquivo da empresa. "O sistema vai comparar as fotos e se elas não baterem, um funcionário na empresa também faz a conferência para confirmar se o cartão foi ou não usado por outra pessoa que não seja o estudante cadastrado", explicou a proprietária da empresa, Núbia Lorenzutti.

Segundo ela, a biometria facial não vai abolir o uso dos cartões, mas vai garantir que sejam usados de forma correta. Já que com cartão de passe escolar os estudantes pagam 50% do valor da passagem e muita gente que não tem direito ao benefício vem usando estes cartões e gerando prejuízos para a empresa.

A empresária relatou que este ano cerca de 130 pessoas foram flagradas pelas câmeras usando o cartão de terceiros e isso pode gerar a perda do direito "As pessoas são informadas do uso indevido e caso elas reincidam, podem ter o cartão bloqueado".

De acordo com Núbia, o sistema já foi instalado em todos os ônibus e agora é preciso que os estudantes façam o cadastro ou o recadastramento do cartão de passe escolar pela internet, como fazem todos os anos. A diferença é que este ano quando ele for levar o documento na loja da Lorenzutti onde é feita a venda dos cartões, localizada na avenida Doutor Roberto Calmon, no Centro, fará uma foto para a leitura biométrica. "A escola tem que atualizar o cadastro dela primeiro. Então a partir do momento em que a escola fizer isso, o aluno pode fazer o seu cadastramento ou recadastramento e a foto para o reconhecimento facial".

Ainda de acordo com a proprietária da empresa, até o momento somente a Escola Estadual Zenóbia Leão fez sua atualização e os alunos já podem fazer o cadastro ou recadastro do cartão e a foto para a leitura biométrica. Depois dos estudantes será a vez dos outros beneficiários como, por exemplo, pessoas com deficiência fazerem a biometria.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?