Espírito Santo

Saiba mais Concurso de 1.025 vagas para professor e pedagogo

O Governo do Estado publicou, nesta sexta-feira (12), no Diário Oficial do Estado, o edital do concurso público para o preenchimento de 1.025 vagas para professor e pedagogo. A empresa organizadora do concurso é a Fundação Carlos Chagas e as inscrições serão abertas na segunda-feira (15), a partir das 10 horas, e encerradas às 14 horas do dia 05 de fevereiro.

"Realizar um concurso na Educação é uma tarefa trabalhosa, mas muito importante para melhorar a qualidade do ensino na rede pública estadual. Neste concurso teremos também a abertura de 87 vagas para pedagogos. A expectativa é de 20 mil inscrições, queremos atrair profissionais de todo Brasil todo para a nossa rede", destaca o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Os salários dos professores da rede estadual podem variar entre R$ 1.982,55, para docentes com licenciatura plena, e R$ 3.554,92, para os com doutorado, por 25 horas semanais. Além do acréscimo do auxílio-alimentação.

Vale destacar que, pelo plano de carreira do magistério estadual, a jornada básica de 25 horas pode ser estendida para até 44 horas semanais, possibilitando uma remuneração de até R$ 3.489,28 para docentes com licenciatura plena e R$ 6.256,65 para os com doutorado.

Todas as informações sobre o concurso estão disponíveis no edital, que também foi disponibilizado no site a Sedu – www.educacao.es.gov.br.

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br, a partir das 10 horas do dia 15 de janeiro até as 14 horas do dia 05 de fevereiro, preencher o formulário e o questionário socioeducativo e efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ R$ 66,65, até a data limite de 06 de fevereiro, conforme estabelecido no edital.

A partir de 29 de janeiro, o candidato poderá conferir no endereço eletrônico da Fundação Carlos Chagas se os dados da inscrição efetuada foram recebidos e se o valor da inscrição foi pago.

Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, exceto nos casos previstos pela Lei Estadual nº 9.652, de 29 de abril de 2011, alterada pela Lei 10.410/2015, em que o candidato estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico, e for membro de família de baixa renda, nos termos da regulamentação do Governo Federal para o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O requerimento de isenção do pagamento será realizado via Internet, no site www.concursosfcc.com.br, no período das 10 horas do dia 15 de janeiro às 14 horas do dia 19 de janeiro. Todos os detalhes estão disponíveis no edital.

Seleção

O concurso público terá as seguintes etapas: prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos, prova discursiva (estudo de caso) e avaliação de títulos.

As provas objetivas e discursivas serão realizadas nas cidades de Vitória, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares, São Mateus e Vila Velha, conforme opção de cidade de prova indicada pelo candidato no formulário de inscrição. A previsão de aplicação é dia 18 de março, no período da manhã.

Vagas

As vagas foram abertas para 78 municípios capixabas e distribuídas por cargo/disciplina: Pedagogo (87 vagas), Arte (58 vagas), Biologia/Ciências (108 vagas), Educação Física (73 vagas), Espanhol (01 vaga), Filosofia (03 vagas), Física (67 vagas), Geografia (117 vagas), História (58 vagas), Língua Inglesa (10 vagas), Língua Portuguesa (170 vagas), Matemática (227 vagas), Química (44 vagas), Sociologia (02 vagas).

As vagas foram disponibilizadas após conclusão do concurso de remoção em agosto, quando mais de mil professores efetivos foram contemplados com a mudança para outra escola em caráter definitivo.

As vagas distribuídas por município são: Afonso Cláudio (20 vagas); Água Doce do Norte (11 vagas); Águia Branca (03 vagas); Alegre (16 vagas); Alfredo Chaves (04 vagas); Alto Rio Novo (04 vagas); Anchieta (04 vagas); Apiacá (01 vaga), Aracruz (33 vagas); Atílio Vivácqua (01 vaga); Baixo Guandu (06 vagas); Barra de São Francisco (11 vagas); Boa Esperança (07 vagas); Bom jesus do Norte (01 vaga), Brejetuba (13 vagas); Cachoeiro de Itapemirim (40 vagas); Cariacica (180 vagas); Castelo (02 vagas); Colatina (24 vagas); Conceição da Barra (09 vagas); Conceição do Castelo (03 vagas); Divino de São Lourenço (04 vaga); Domingos Martins (05 vagas); Dores do Rio Preto (02 vagas); Ecoporanga (26 vagas); Fundão (04 vagas); Governador Lindenberg (07 vagas); Guaçuí (05 vagas); Guarapari (25 vagas); Ibatiba (04 vagas); Ibiraçu (05 vagas); Ibitirama (04 vaga); Iconha (05 vagas); Irupi (07 vagas); Itaguaçu (04 vagas); Itapemirim (05 vagas); Itarana (04 vagas); Iúna (05 vagas); Jaguaré (03 vagas); Jerônimo Monteiro (05 vagas); João Neiva (02 vaga); Laranja da Terra (02 vagas); Linhares (51 vagas); Mantenópolis (06 vagas); Marataízes (01 vagas); Marechal Floriano (03 vagas); Marilândia (06 vagas); Mimoso do Sul (01 vagas); Montanha (07 vagas); Mucurici (04 vagas); Muniz Freire (04 vagas); Muqui (05 vagas); Nova Venécia (07 vagas); Pancas (09 vagas); Pedro Canário (14 vagas); Pinheiros (07 vagas); Piúma (02 vagas); Ponto Belo (04 vagas); Presidente Kennedy (03 vagas); Rio Bananal (05 vagas); Rio Novo do Sul (08 vagas); Santa Leopoldina (03 vagas); Santa Maria de Jetibá (19 vagas); Santa Teresa (08 vagas); São Domingos do Norte (09 vagas); São Gabriel da Palha (01 vaga); São José do Calçado (01 vaga); São Mateus (12 vagas); São Roque do Canãa (05 vagas); Serra (187 vagas); Sooretama (10 vagas); Vargem Alta (01 vaga); Venda Nova do Imigrante (02 vagas); Viana (27 vagas); Vila Pavão (01 vaga); Vila Valério (04 vagas); Vila Velha (45 vagas) e Vitória (17 vagas).

Com este concurso, as vagas atualmente ocupadas por professores com contrato de designação temporária serão substituídas por efetivos. Assim, o Governo do Estado ganhará na operacionalidade e serão otimizados recursos.

O último concurso público para o magistério foi realizado em 2015, em que foram abertas 1.178 vagas para 76 municípios capixabas.


Informações adicionais:

Atendimento ao Candidato – SAC da Fundação Carlos Chagas

(11) 3723-4388 (de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas)


Tags: