Espírito Santo

Melhorias no serviço de saúde da Polícia e Bombeiros - Governo Anuncia

Governo Anuncia Melhorias no serviço de saúde da Polícia e Bombeiros

Oito mil pessoas – entre policiais militares e bombeiros militares, além de seus familiares – passarão a ser atendidas, por mês, no Hospital da Polícia Militar (HPM). O anúncio – que faz parte de um pacote de novidades – foi feito na manhã desta quinta-feira (14). Na ocasião foi assinado um termo de cooperação entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, por meio da Polícia Militar e a direção de saúde da PM, com a Secretaria de Estado da Saúde.

A solenidade, realizada na sede do HPM, em Bento Ferreira, Vitória, contou com a presença do governador Paulo Hartung; o vice-governador César Colnago; o secretário de Estado de Segurança, André Garcia; de Saúde Ricardo Oliveira; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nylton Rodrigues; o diretor de Saúde da PM, coronel Marcio Sartório; coronéis do Estado Maior, além de secretários de Estado e autoridades políticas.

Além da ampliação no número de atendimento ambulatorial – em 25 especialidades, que contarão com o reforço de médicos da rede pública – foram anunciados o atendimento da policlínica em três turnos, sempre das 7h às 22h, de segunda a sábado; o pronto-socorro com suporte de urgência e emergência 24h; sala de estabilização; sala vermelha com três leitos de UTI de passagem; sala laranja; leitos de observação; exames radiológicos digitais, que aumentam a qualidade da imagem e facilitam o diagnóstico do paciente, além de exames de tomografia computadorizada, ultrassom e ecocardiograma.

Outras novidades são as formas de marcação consulta. Além do telefone, os militares e familiares poderão marcar atendimento pelo site da Polícia Militar, e-mail e WhatsApp.

Em discurso, o governador Paulo Hartung destacou que os avanços implementados no HPM são frutos de ações inovadoras na área pública. Hartung destacou que, atualmente, o Espírito Santo é um dos entes federados que mais investe em saúde pública, com 19% do orçamento. "Este hospital não está no SUS (Sistema Único de Saúde), por isso a dificuldade em realizar ações para avançar nas atividades do Hospital da Polícia Militar. O ato de hoje é muito representativo e importante. Hoje é ponto de partida para algo inovador que criamos aqui no HPM. Apesar de todo desafio por conta da burocracia no setor público, vamos avançar na implementação de ações e projetos para o HPM progredir na contraprestação de serviços", destacou Paulo Hartung.

O vice-governador Cesar Colnago ressaltou a importância do HPM. "Estou emocionado em participar deste momento em que rompemos paradigmas, colocando uma porta de entrada para o tratamento de saúde para nossos militares, ao mesmo tempo para a sociedade, com o pronto socorro infantil. E isso tudo, fazendo no mesmo espaço do HPM. Nosso muito obrigado a capacidade de articulação das secretarias de saúde e segurança junto com a corporação."

Para o secretário de Estado da Segurança, André Garcia, o resultado anunciado mostra o poder de organização da equipe de governo para enfrentar a crise e oferecer ampliação da forma de atendimento e cuidado aos militares e seus entes.

"Estamos enfrentando esse momento com integração e superação. Esse é o resultado que foi construído a várias mãos, desde a atual diretoria de saúde e pelos recentes diretores, e aqueles que fizeram parte da construção do HPM. Dessa maneira podemos cuidar de quem cuida com todo empenho da sociedade capixaba", comentou.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nylton Rodrigues destacou a parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e lembrou que essa é a primeira etapa de algo maior em fase de planejamento.

"Essa é a primeira etapa do nosso plano de modernização do atendimento de saúde de nossos militares e familiares. Vamos realizar concurso para 20 oficiais médicos. O último aconteceu em 1994 e contratou nove profissionais. Já foi autorizada a contratação de 13 profissionais em designação temporária, na área da psicologia e psiquiatria. Mas vamos além, por isso a importância da Sesa neste contexto. Teremos a cessão de médicos da Secretaria de Saúde no atendimento ambulatorial, em 25 especialidades", ressaltou.

Na segunda etapa, ainda em fase de estudos, esse serviço será estendido aos militares que atuam no interior para que não precisem se deslocar até Vitória em busca de atendimento e tratamento.

O secretário de Estado da Saúde, Ricardo Oliveira, comemorou a entrega da primeira fase do ajuste do sistema de saúde dos militares e seus familiares.

"Desde que assumi a pasta da Saúde, o governador me cobra essa ajuda para os militares e seus familiares. Demoramos, mas conseguimos chegar hoje, fazendo este anúncio de ampliação de serviços de saúde. Isso foi possível graças ao diálogo e parceria. Nós temos essa sensibilidade em relação à necessidade de ter uma infraestrutura de apoio aos militares", disse o secretário.

Viaturas

Antes do anúncio das novas medidas destinadas ao HPM, foram entregues 31 novas viaturas ao comando da Polícia Militar. Serão 26 destinadas ao Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran). Todos os veículos do modelo Chevrolet Spin, caracterizadas e equipadas para o dia a dia policial. Além delas, outras cinco serão destinadas ao 12º Batalhão, em Linhares. Os cinco automóveis foram repassados via emenda parlamentar do deputado estadual Luiz Durão.

Ao todo, 426 viaturas foram adquiridas e estão sendo entregues à Polícia Militar à medida que a montadora conclui os veículos. Duzentas e sessenta e nove unidades estão em atividade em todo o Estado.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?