Nova Venécia

Está tudo pronto Inauguração da Rede Cuidar Norte

Está tudo pronto para a tão esperada inauguração da Rede Cuidar Norte de Nova Venécia, nesta sexta-feira, dia 15. O momento tão esperado pelos gestores e moradores dos 14 municípios que administram o Consórcio CimNorte (Consórcio Público da Região Norte do Espírito Santo) que vão utilizar os serviços ofertados na Unidade: Nova Venécia, Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Conceição da Barra, Ecoporanga, Jaguaré, Montanha, Mucurici, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, São Mateus e Vila Pavão.

O prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira que é vice-presidente do consórcio, destacou que a descentralização da saúde é um sonho antigo da população que reside nesses municípios.

O governador do Estado, Paulo Hartung, e o secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, confirmaram presença no evento.

Em todo o Espírito Santo estão sendo construídas cinco unidades da Rede Cuidar e a mais avançada é a de Nova Venécia. No local, serão ofertados atendimentos em ginecologia, pediatria, neurologia, mastologia, endocrinologia, cardiologia, angiologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, urologia, nefrologia, dermatologia, gastroenterologia e proctologia.

A princípio, a meta é atender 90 pessoas por dia. Cada paciente será avaliado por vários profissionais e não apenas por um especialista.

A solenidade de inauguração da Rede Cuidar Norte será nesta sexta-feira (15), às 9h, na sede da entidade, localizada no antigo parque de exposições de Nova Venécia.

Atendimento diferenciado

Para ser atendido na Rede Cuidar, o paciente deverá vir de encaminhamento das unidades de saúde de seu município. O Centro de Especialidades será voltada apenas para atendimentos ambulatoriais especializados e vai funcionar das 7h às 18h.

O paciente será acompanhado pela equipe de atenção primária do município onde reside, o que vai motivar uma inteiração entre a Unidade da Rede Cuidar e equipes dos Programas Saúde da Família (PSF) dos municípios.

Informações: Rede Notícias.


Tags: