São Domingos do Norte

Aplicativo vai ajudar a identificar irregularidades em transporte escolar no ES - Segurança

Segurança Aplicativo vai ajudar a identificar irregularidades em transporte escolar no ES


O período de volta às aulas está próximo e um detalhe importante é garantir a segurança das crianças no trajeto para a escola e na volta para a casa. A realidade de muitos pais impede que a condução nesse trajeto seja feita por eles mesmos, e a alternativa mais comum é contratar o serviço de transporte escolar. Mas você sabe quais são os cuidados que se deve ter na hora de fazê-lo?

De acordo com o diretor de Habilitação e Veículos do Detran-ES, José Eduardo de Souza Oliveira, o principal cuidado está em verificar se o veículo e o transportador estão autorizados pelo Detran a praticar transporte escolar.

Para isso, José explica que há dois caminhos: pedindo a documentação tanto do motorista, quanto do acompanhante, ou anotando a placa e consultar a regularidade no site do Detran. Além disso, a partir do 2º semestre de 2017, um QR Code será aplicado nos veículos para conferir a regularidade por meio de aplicativo.

"No segundo semestre de 2017 haverá a implantação do sistema QR Code, que será aplicado na faixa amarela dos veículos para que os usuários possam verificar a regularidade do veículo com mais facilidade por meio de aplicativo para dispositivos móveis",  anuncia o diretor.

"Os veículos recebem inspeção do Detran semestralmente. Especialmente neste primeiro semestre, talvez haja alteração na inspeção, pois estamos criando o mesmo critério de inspeção dos carros que pagam IPVA, construindo o calendário pelo final das placas. Sendo assim, o transportador pode antecipar a inspeção fora da data prevista. A vistoria é importante pois como o veículo circula várias vezes ao dia, é essencial que esteja em dia com a segurança", fala Oliveira.

Outro ponto destacado pelo diretor é que alguns profissionais acabam não renovando a autorização dentro do prazo de 6 meses ou 1 ano, mas que mesmo assim não descaracterizam o veículo, o que acaba confundindo os contratantes. Segundo Oliveira, é preciso desconfiar dos valores de cobrança muito baixos, que é o que acaba atraindo o usuário.

"A participação dos pais no dia a dia é imprescindível. Eles devem conversar com seus filhos para saber qual a conduta do motorista e do acompanhante. Apesar de o veículo estar regularizado, é preciso acompanhar se o trabalho está sendo realizado com profissionalismo", alerta José Eduardo.

Oliveira pede a participação dos pais com denúncias à possiveis irregularidades. "Nós já flagramos situações onde o motorista regulariza o totalmente o veículo apenas para a fiscalização semestral e logo após substitui o pneu novo por velho, retira a trava da janela, dentre outros. Por esse motivo, é muito importante a participação dos pais analisando a funcionalidade dos cintos, situação dos pneus e etc", diz.

Características visuais que devem ter no veículo:

- Faixa amarela com inscrição escolar e registro do veículo escritos em preto (se o veículo for de fundo amarelo as cores se invertem);
- Para-brisa com selo de inspeção com validade;
- Placa vermelha
- A partir do 2º semestre um Qr Code será inserido junto a faixa amarela para fiscalização pelo celular.

Passo a passo para conferência de regularidade do veículo:

- Acessar site do Detran|ES: www.detran.es.gov.br;
- Buscar ícone "Serviços Credenciados", do lado esquerdo;
- Clicar em "Transporte Escolar", onde é possível encontrar respostas para as principais dúvidas e um link para pesquisar os veículos.

De acordo com José Eduardo, o Detran|ES está em parceria com o Sindicato dos Transportes escolares do Espirito santo (SINTEES) para ajustar quaisquer falhas. "Estamos trabalhando junto com o sindicato para inibir práticas irregulares. Nós precisamos muito da participação dos usuários por meio de denúncias. Acontecem casos de veículos particulares fazerem esse tipo de transporte, além de outros que colocam em risco a segurança das crianças", ressalta.

Quero denunciar!

Qualquer irregularidade pode ser denunciada por meio do telefone (27) 3137-2652, email transporteescolar@detran.es.gov.br ou, ainda, por meio da ouvidoria no site www.ouvidoria.es.gov.br.


Tags:



Guia Capixabão


Imagine divulgar seu negócio para 45 mil pessoas todos os meses, ser encontrado pelos seus clientes e aumentar suas vendas, mesmo que você não entenda nada sobre sites?