Cadastro
Cadastre-se e receba novidades semanais
Cadastro
Pesquisa Personalizada
Cadastre-se grátis!

Meio Ambiente
Protesto contra as touradas na Espanha

09 de Julho de 2010
Compartilhar:
Facebook
Twitter
Protesto contra as touradas na Espanha
Sangue, Tortura e Morte.

Manifestantes protestam contra as touradas em Pamplona, Espanha.

Pelo 9º ano consecutivo, ativistas que lutam pela defesa dos touros, como as organizações PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) e AnimasNaturalis, protestaram em Pamplona, na Espanha, pelo tratamento que recebem os touros nas touradas das festas de SanFirmin.

Durante uma hora, cerca de 90 pessoas representaram com seus corpos no chão da praça em frente da Prefeitura a imagem de um touro ensanguentado, durante o protesto contras touradas neste sábado (3).

Pintados de preto para simular o corpo do animal e de vermelho para representar os ferimentos que os touros sofrem durante a cerimônia, os ativistas da PETA e AnimaNaturalis denunciaram com cartazes o que Pamplona é durante os Festa de San Firmin: “sangue, tortura e morte”.

Uma grande faixa pedia a “abolição” das festividades e em outros era possível ler “Basta. Não às corridas de touros”.

Nota da coluna Mundo Animal: No Brasil, as touradas,no estilo espanhol, com o sacrifício dos animais ainda  na arena,não existem.As práticas mais próximas são os Rodeios,amplamente difundidos  em todas as regiões do país.Entretanto os rodeios tem sido  cada vez mais combatidos pelos movimentos de defesa dos animais brasileiros e por significativo número de representantes do ministério público nos estados. Isso porque,comprovadamente, os rodeios se caracterizam por  práticas cruéis físicas e psicológicas impostas aos animais,na maior parte das vezes touros e bezerros.A favor dos animais está a Constituição Federal Brasileira, que no Decreto-Lei 24.645 de 10 de Julho de 1934 determina que todos os animais são tutelados pelo Estado e que  qualquer maus-tratos aos animais é Crime federal , sujeito aos rigores da Lei. O decreto é complementado pela promulgação da Lei Federal  nr. 9.605 de fevereiro de 1998(Lei de Crimes Ambientais) que determina que  maus-tratos aos animais  são passíveis  de  prisão de 03 meses a 01 ano de prisão, com acréscimo de até 1/3 caso ocorra morte do animal.

O Brasil é um dos países que tem as leis mais rigorosas de proteção animal e ambiental do mundo.Entretanto ainda existe  uma ausência de conscientização da sociedade e de significativo número de executores da Lei para que as mesmas sejam cumpridas com rigor.

Foto: Reprodução/TERRA)

Imagem: Divulgação

Revisão: Ivan de Freitas – jornalismo@capixabao.com

Colunista : Rômulo Vitório - mundoanimal@capixabao.com



Fonte: TERRA

Desenvolvido por  ar2