Cadastro
Cadastre-se e receba novidades semanais
Cadastro
Pesquisa Personalizada
Cadastre-se grátis!

Iguaria Brasileira
“Gostosa, Quentinha, Tapioca” (Chico Buarque)
Ludimila Knupp Kill

27 de Janeiro de 2014
Compartilhar:
Facebook
Twitter
“Gostosa, Quentinha, Tapioca” (Chico Buarque)
(Foto: Reprodução)
Após ler a matéria da querida Ana Luisa Trajano na revista Raízes- Mesa SP deste mês, que traz uma prévia do lançamento de seu livro com sabores e saberes brasileiros que descobriu e se encantou em suas inúmeras viagens pelo Brasil, me animei em falar de um ingrediente brasileiríssimo que amo muito, a tapioca.

Essa iguaria brasileira é de origem indígena, cujo nome deriva da palavra tipióka que significa coágulo em Tupi. Os Tupis foram os responsáveis pelo desenvolvimento comestível da mandioca, que logo se espalhou entre outros povos indígenas também.

Foi então que algum tempo após o descobrimento, os colonizadores portugueses descobriram a tapioca em substituição ao pão e hoje é um dos mais tradicionais ingredientes utilizado em todo nordeste do Brasil.

A tapioca mais tradicional do Brasil ainda se encontra no Alto da Sé, em Pernambuco (preservada pela Associação das Tapioqueiras de Olinda).Além deste, foi inspiração para letras de música, como a do trecho de Chico Buarque que cito como título deste texto.

Por essas e outras, que esta iguaria se tornou patrimônio imaterial e cultural da cidade de Olinda, em Pernambuco.

Mas ela não parou por aí, atravessou barreiras e caiu no gosto da população e dos gourmets, que a cada dia personalizam e a tornam mais atrativa.

Deixo para vocês uma receita tradicional, muito saborosa, o cuscuz de tapioca com coco. Vamos a receita.

Receita de cuscuz de tapioca com coco

Ingredientes:
  • 500 g de tapioca
  • 1 l de leite de vaca integral
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 coco fresco médio ralado
  • 1 lata de leite condensado
Modo de Preparo:
  1. Bata em liquidificador o côco, leite e a açúcar. Mas cuidado para o côco não ficar muito ralado.
  2. Leve ao fogo para ferver. Ao levantar fervura, adicione a tapioca à panela e mexa por um minuto.
  3. Despeje em uma forma, tampe com papel alumínio e deixe por cerca de 2 horas.
  4. Corte em cubos e acrescente o leite condensado na hora de servir;
  5. Não precisa acrescentar côco ralado por cima, pois o fresco já misturado, irá se acumular na superfície, formando uma bela camada de côco fresco.
Fica fantástico!

Abraços e até a próxima.

Cadastro
Ludimila Knupp Kill
Ludimila Knupp Kill
Nutricionista especialista pela Universidade Federal de Lavras, graduanda em gastronomia e apaixonada pelo saber sobre sabores.
Cadastro
Cadastre-se e receba novidades semanais


Desenvolvido por  ar2